Lúcia Madeira e o papel fundamental do RH para o sucesso das organizações

Nesta entrevista para o Identidades de Sucesso, tive o prazer de conversar com Lúcia Madeira, Presidente da Associação de Recursos Humanos do Rio de Janeiro (ABRH RJ). Formada em Pedagogia, com mestrado em Administração e Empresas, Lúcia iniciou sua trajetória como estagiária na área de Treinamentos, que, segundo ela, é uma porta de entrada comum para especialistas na área de Educação. Construiu grande parte da sua carreira no Grupo Globo, tendo a oportunidade de atuar em diferentes empresas da organização, como a TV, o Jornal e a Holding, até trabalhar por 15 anos na Fundação Roberto Marinho, onde pôde atuar em projetos incríveis na área de Educação e Patrimônio, de grande importância para a sociedade. 

Do Terceiro Setor à Liderança da ABRH RJ
Lúcia destaca que o Terceiro Setor, apesar de ter uma visão mais “romântica” no passado, hoje também se profissionalizou e busca modelos de gestão que permitam produtividade e resultados em seus trabalhos, para que não dependam da boa vontade das pessoas. De todo modo, são empresas sem fins lucrativos, ou seja, com um nível de cobrança diferente, e que atuam com um propósito claro, que une as pessoas. 

Com uma visão ampla sobre comportamento humano e práticas inovadoras no setor, Lúcia assumiu, há seis anos, a presidência da ABRH RJ, uma organização sem fins lucrativos que reúne profissionais da área de RH, e destaca a importância dessas associações, em todas as carreiras, para a transmissão de conhecimento e adaptação às constantes mudanças.

Os novos desafios da liderança

Segundo Lúcia, os últimos anos foram um verdadeiro “olho do furacão” para o RH, que precisou tomar decisões rápidas e complexas durante a pandemia de COVID-19, passando a ocupar o centro das atenções, ao ter que lidar com questões como home office, saúde mental dos colaboradores, proteção da saúde e garantia da continuidade dos negócios, seguido pelas transformações causadas pela Inteligência Artificial e IA Generativa.

Tais mudanças exigiram uma transformação completa no modelo de liderança, com as chefias tendo que aprender a acompanhar o trabalho de forma remota e a lidar com as questões emocionais das equipes. Além disso, a pandemia acelerou a transformação digital, com o trabalho virtual se tornando cada vez mais presente.

Lúcia acredita que o modelo de trabalho remoto é uma tendência irreversível, especialmente em áreas como a tecnologia. Porém, ela reconhece que o grande desafio das lideranças é engajar as equipes nessa nova realidade, mantendo a cultura organizacional e o senso de propósito, mesmo com as pessoas distantes fisicamente.

Além disso, a nova geração não tem interesse no trabalho presencial e muitas vezes escolhe a empresa pela opção do trabalho remoto. O que se perde um pouco é a gestão do conhecimento e da cultura, que o ambiente presencial proporciona. E este é um dos grandes desafios da liderança atual.  

O RH Estratégico integra pessoas e negócios

Para Lúcia, o RH estratégico é fundamental para o sucesso de qualquer empresa que dependa de pessoas. Esse RH precisa estar envolvido nas principais decisões do negócio, inclusive de expansão, contribuindo com soluções, capacitando equipes e ajudando a disseminar a cultura organizacional.

Infelizmente, ainda existem empresários que enxergam o RH apenas como um “Departamento Pessoal”, responsável por folha de pagamento, que hoje é um processo bastante automatizado. Mas Lúcia acredita que essa visão está ficando cada vez mais ultrapassada, pois o RH precisa se adaptar às constantes transformações, como a tecnologia e as questões de saúde mental e diversidade.

A diversidade como prioridade no RH moderno

Outro tema crucial é a diversidade. Lúcia ressalta que esta é uma causa muito ampla, e que hoje as empresas não podem mais ignorar a necessidade de ter quadros mais representativos, alinhados com a diversidade populacional e do seu público consumidor. Segundo ela: “não faz mais sentido você ter empresas como era no passado, quanto eu comecei a trabalhar, de ‘homens brancos’ tomando decisões sobre produtos que uma população inteira vai utilizar. Então você tem que ter diversidade no seu quadro [de colaboradores]”.

Ela informa que os dados do IBGE são ótimos indicadores, comenta sobre mudanças significativas que já vêm ocorrendo e cita o programa ‘Empresa sem Barreiras’, uma iniciativa da ABRH com o Ministério Público do Trabalho, que orienta empresas a identificarem e removerem barreiras invisíveis em seus processos seletivos. No site da ABRH RJ há dicas de como transformar o seu processo mais inclusivo.

Dele nasceu o ‘Crescer sem Barreiras’, um programa que incentiva a inclusão de profissionais negros nos quadros de colaboradores de RH, fazendo com que haja, entre outros benefícios, acolhimento e identificação entre recrutadores e recrutados. Segundo Lúcia, os resultados vêm sendo surpreendentes e a ABRH RJ está incentivando empresas a também adotarem esta prática. 

Congresso ABRH Rio 2024

O Congresso ABRH Rio é um encontro anual de gestão de pessoas que, segundo Lúcia, não é voltado somente para profissionais de RH, mas para todos que lidam com equipes. Trata-se de um momento importante de aprendizado, troca de experiências e inspiração para os profissionais da área. 

O evento, que acontecerá nos dias 11 e 12 de junho na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, contará com uma área aberta, com acesso gratuito aos expositores de produtos e serviços para Recursos Humanos, e há o congresso, que traz palestras e painéis com os mais renomados nomes em temas relevantes do setor, como sustentabilidade, diversidade, transformações, cultura interna, e outros.

Com estimativa de 3 mil participantes este ano, o evento também destacará a vocação do Rio de Janeiro para a realização de grandes eventos, algo que a cidade vem retomando com força após a pandemia. Lúcia acredita que esse é um setor importante para a economia fluminense e que merece ser valorizado.

Curiosidade, Long Learning, Propósito e Sucesso

Segundo Lúcia, o sucesso não se mede apenas por cargos e títulos, mas pela capacidade de ser fiel aos seus princípios e encontrar a felicidade naquilo que se faz. Ela destaca a importância da curiosidade, da busca constante por aprendizado e da construção de uma reputação sólida ao longo da carreira.

Lúcia compartilha que houve momentos em que abriu mão de promoções e cargos para priorizar sua felicidade e seu propósito de vida. Ela acredita que essa postura, aliada a um forte senso de valores, é fundamental para alcançar o verdadeiro sucesso.

Uma carreira bem-sucedida é uma carreira onde você é feliz, onde você não teve que violar os seus valores para poder crescer e alcançar cargos mais elevados.” 

– Lúcia Madeira, Presidente da ABRH RJ

É com imensa satisfação que compartilho a história e os pensamentos humanos e estratégicos de Lúcia Madeira com vocês, espectadores do Identidades de Sucesso. A trajetória inspiradora de Lúcia Madeira demonstra que o RH é muito mais do que apenas gestão de pessoas. É uma área estratégica, que precisa estar alinhada aos desafios e transformações das empresas, sempre com foco no desenvolvimento dos colaboradores e na construção de uma cultura organizacional sólida e inclusiva.

Assista à entrevista completa

Compartilhe:

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a Newsletter

e receba conteúdos exclusivos para o seu sucesso

Entrevistas Identidades de Sucesso

Edit Template

sobre

Ecossistema de conteúdos e entrevistas exclusivas sobre Carreira . Gestão Empresarial . Liderança . Autoconhecimento . Mentalidade de Sucesso

Acompanhe as nossas redes sociais

assine nossa newsletter

Siga a Letícia nas redes sociais

© 2024 Identidades de Sucesso | Empresa do Grupo Identidade | Todos os Direitos Reservados | Portal desenvolvido por ID Branding & Co.